Center of Experimental Morphology

Departamento de Anatomia - Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

[ Back ]

Avaliação Psicométrica Transcultural do Questionário da Alexitimia de Bermond-Vorst


Research Area: Uncategorized Year: 2009
Type of Publication: Article
Authors:
Journal: Acta Médica Portuguesa
Number: 22 Pages: 767-772
Month: January
BibTex:
Abstract:
O conceito de alexitimia foi introduzido por Nemiah e Sifneos no início dos anos 70. Tratase de um constructo de personalidade multifacetado que se reconheceu estar associado a várias situações de alterações de saúde. No entanto, apesar da literatura abundante, devido a fraquezas metodológicas, grande parte dos estudos resultam de validade e fiabilidade questionáveis. Em anos recentes surgiu um novo instrumento de auto-avaliação, o Bermond- Vorst Alexithymia Questionnaire (BVAQ), destinado a avaliar o constructo da alexitimia de modo mais abrangente que o mais comummente utilizado Toronto Alexithymia Scale de 20 itens (TAS-20). O objectivo foi investigar as propriedades psicométricas da versão Portuguesa do BVAQ. Neste estudo, levado a cabo numa amostra de estudantes universitários (n = 369), começamos por examinar a estrutura pentafactorial originalmente proposta, por meio de uma análise factorial; passando proceder depois com a determinação das coerências internas. Além disso investigamos a estabilidade, bem assim como a sua validade convergente com a Toronto Alexithymia Scale – 20 itens (TAS-20). A análise de Componentes Principais mostrou que a estrutura interna dos 40 itens se ajustou aceitavelmente à solução de cinco factores. A pontuação média global difere cerca de 0.6 DP da amostra Holandesa original. As coerências internas também são aceitavelmente semelhantes às da amostra original: alfa de Cronbach = 0.82 para a escala global e uma média de 0.77 para as subescalas. Além disso o instrumento é fiavelmente estável; e as correlações esperadas entre as subescalas do BVAQ e do TAS-20 apoiam evidência da validade do BVAQ. A versão Portuguesa do BVAQ é um instrumento novo bastante promissor para avaliar de modo abrangente a alexitimia, e como tal o seu uso pode ser recomendado.

Contactos
Centro de Morfologia Experimental
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
Al. Professor Hernâni Monteiro
4200-319 Porto
tel. (+351) 22 551 36 16
fax (+351) 22 551 36 17
correio This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it
© 2017 Departamento de Anatomia / Produção CI FMUP