Departamento de Anatomia

Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Destaque
Outubro/Novembro 2016 | Cursos
Estão abertas as candidaturas para o Módulo de Sistema Nervoso e Coluna Vertebral, da 3ª edição do Curso de Especialização em Dissecção Anatómica.
Ler +
Julho 2016 | Cursos / July 2016 | Courses
Estão abertas as inscrições para o 1º Curso de Verão de Dissecção Anatómica do Encéfalo Humano e Neuroanatomia. / Registration now open
Ler +
Julho 2016 | Cursos
Estão abertas as inscrições para o 1º Curso Teórico-Prático de Dissecção Anatómica (treino em cadáver) - Cirurgia da Mão e Membro Superior.
Ler +


O departamento

O Departamento de Anatomia da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto é responsável pelo ensino da Anatomia Humana a estudantes de Medicina, Medicina Dentária, Ciências da Nutrição e Enfermagem. Está também envolvido no ensino de neurociências em programas doutorais da Universidade do Porto e organiza cursos de pós-graduação em anatomia para médicos e outros profissionais da área das Ciências da Saúde.

A história dos primórdios do ensino de Anatomia na cidade do Porto confunde-se com a da própria Faculdade de Medicina. O precário ensino anatómico praticado até 1825 modificou-se com a criação, nessa data e por alvará de D. João VI, da Real Escola de Cirurgia do Porto, que iniciou a sua actividade com um Mestre de renome, Vicente José de Carvalho (1825-1834). Este Professor deu origem a uma brilhante escola anatómica, que se foi fortalecendo graças ao labor e exigência da docência de ínclitos Professores que, ao longo de quase dois séculos, assumiram a responsabilidade do ensino da Anatomia, inicialmente na mesma Escola e, a partir de 1836, na sua herdeira Escola Médico-Cirúrgica do Porto: Bernardo Joaquim Pinto (1834-1852), Luís Pereira da Fonseca (1852-1868), João Lebre Dias (1868-1900), Carlos Alberto de Lima (1900-1903), Luís de Freitas Viegas (1903-1918) e Joaquim Alberto Pires de Lima (1918-1947). Em Junho de 1919, o Conselho Escolar da Faculdade propôs a criação do Instituto de Investigações Anatómicas, cuja direcção ficou a cargo do Professor J. A. Pires de Lima. Esta iniciativa, oficializada por decreto do Governo em Janeiro de 1920, levou à fundação do Instituto de Anatomia, que deste Professor recebeu o nome em reconhecimento pela sua dedicação ao trabalho científico e zelo nos progressos do ensino. Sob a liderança sucessiva dos ilustres Professores Hernâni Monteiro (1947-1961), Melo Adrião (1961-1964), Abel Sampaio Tavares (1964-1981), José Castro Correia (1981-1985), Joaquim Pinto Machado (1985-1992) e Manuel M. Paula Barbosa (1992-2010), o Instituto de Anatomia do Professor J. A. Pires de Lima chegou, com este mesmo nome, ao final da primeira década do século XXI. Apesar, ou por causa, deste facto, o Instituto não parou de evoluir, adaptando os seus métodos de ensino às necessidades do momento e expandindo a seus interesses de investigação para outros domínios, em particular o das neurociências. Em 2010, e na sequência da alteração dos estatutos da Universidade do Porto, passou a denominar-se Departamento de Anatomia.

A Anatomia Humana é a ciência que estuda a forma e a estrutura do corpo humano, e as variações da sua forma em relação com a sua função e o ambiente que o rodeia. Por este motivo, e inspirado pelo exemplo dos sucessivos Professores que, pelo seu mérito, tornaram o Instituto de Anatomia da Universidade do Porto um centro de referência pela qualidade de ensino aí praticada, o Departamento de Anatomia continua a utilizar material cadavérico e a prática de dissecção cadavérica como métodos privilegiados de ensino e de aprendizagem.

O Departamento de Anatomia passou a ser oficialmente financiado para investigação na área das neurociências em 1968, através de uma bolsa atribuída ao Professor Alexandre Sousa Pinto pelo Instituto de Alta Cultura. Para além do financiamento de instituições oficiais que contribuíram para a profunda modificação de que o departamento foi alvo para atingir a qualidade científica que hoje pauta a sua actividade, seria imerecido não referir o importante apoio mecenático que, ao longo de vários anos, recebeu da Fundação Volkswagen. Não mais deixou de se dedicar à área das neurociências e é, desde 1994, sede de uma unidade de investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (UI&D 121), o Centro de Morfologia Experimental, que realiza investigação na área da degenerescência e reorganização do Sistema Nervoso Central.

O Departamento tem relação de grande proximidade com a comunidade através de várias iniciativas, das quais se destacam o programa de doação cadavérica, definido em 1999 através de legislação própria, e as actividades educacionais que desenvolve no Museu de Anatomia para estudantes de diversas áreas, sobretudo os do ensino secundário, e para o público em geral.

Vivemos o momento em que se tornou incontestável a importância da ciência e da educação como instrumentos fundamentais ao desenvolvimento da sociedade, e o Departamento de Anatomia da Faculdade de Medicina do Porto está firmemente empenhado em dar um forte contributo para que esse desiderato seja alcançado.
VIVITUR INGENIO CAETERA MORTIS ERUNT - Andreas Vesalius (1514 - 1564)
Contactos
Departamento de Anatomia
Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
Al. Professor Hernâni Monteiro
4200-319 Porto
tel. (+351) 22 551 36 16
fax (+351) 22 551 36 17

página Sigarra
© 2011 Departamento de Anatomia / Produção CI FMUP